Connect with us

Entretenimento

A COMUNIDADE MOSTRA A SUA CARA

Published

on

Ações comunitárias nas periferias vencem a dependência governamental no amparo aos seus moradores .


Quando em 11 de Maio de 2015 a Rede Globo de Televisão estreou a novela “ I Love Paraisópolis “, se tornava a primeira emissora a levar para o horário das 19 horas uma comunidade periférica como cenário para seus personagens e trama, ainda que o complexo de Paraisópolis fique cercado de luxuosos condomínios do Morumbi e Vila Andrade em São Paulo.
Em 2.017, foi a vez da novela “ A Força do Querer “ , que buscou cenário em comunidades do Rio de Janeiro para a trama das 21:00 horas. Ao ser criticada pelos preconceituosos de plantão, a autora Glória Perez deixou claro, que, negar o cotidiano das comunidades seria empurrar uma realidade para debaixo do tapete da sociedade.
Ou seja, os autores levaram ao público uma fatia do povo brasileiro ignorada pelo dia a dia da classe média, dos políticos, onde muitos deles nunca puseram os pés, ao menos depois de eleitos .
Aliada a essa exposição da maior rede de televisão nacional a ascensão do funk carioca, tornava-se um fenômeno cultural produzido na comunidade, como foi o samba em sua origem, consumindo também em larga escala pelos jovens de outras classes sociais .
Finalmente chegamos ao ano de 2.020, e a história que se desenrola não é tema de novela, não é ficção.
Comunidades de todo o Brasil se tornam protagonistas no amparo humano decorrente a luta para conter o Coronavírus .
Periferia, favela ou comunidade cujo sinônimo leva a comunhão, são nomes designados para uma parcela da população de um município que vivem ás margens dos grandes centros urbanos ou bairros nobres, carentes de recursos em moradia, saúde, saneamento e alimentação.
Representam hoje um corpo vivo, atuante, capaz de contornar problemas sociais com muito mais rapidez e eficácia que o Congresso Nacional para aprovar uma Lei.
Em 23 de Março de 2.020 noticiou : “ Favelas se organizam para conter coronavírus em comunidades de São Paulo “ . O mesmo site afirmava a existência de 1,7 mil favelas na capital com 391,7 mil domicílios .
A União dos Núcleos, Associação dos Moradores de Heliópolis, tem usado carros de som para reforçar as instruções de contágio.
A Organização Mundial de Saúde orienta, exige, os governos internacionais aderem, orientam, exigem, cobram o isolamento social, que a população fique em casa, evitem tumultos, contato social .
Mas nas comunidades uns dos problemas é justamente a moradia .
Na mesma casa todo mundo junto. Crianças, idosos . Todos em casa mas sem espaço mínimo e sem trabalhar.
E o poder público é cobrado para que tome ações que garantam uma renda ás famílias afetadas .
GRUPO DE COMUNICADORES INICIAM MOVIMENTO
Um movimento impulsionado por um grupo de comunicadores criaram a #coronanasperiferias que envolve participante de líderes de várias comunidades de todo o Brasil, incluindoo Acre, Rio, São Paulo e Nordeste com um só objetivo : apoiar os moradores das comunidades brasileiras durante o combate ao coronavírus .
Fizemos contato com Lucas Antônio, jornalista e educador social, líder comunitário da Zona Norte de São Paulo, e também um dos administradores de uma organizada rede de solidariedade que visa a captação de recursos para os moradores .
O jornalista rebate e não alimenta os preconceitos que cercam uma comunidade, afirma o caráter honesto e trabalhador do morador periférico . E além disso dá o alerta para o genocídio dos pretos, pobres e indígenas, a falta de perspectiva ou a ausência do estado . No quesito genocídio, afirma com autoridade que o “ Luto vita Luta “ .
No dia em que faço essa entrevista com Lucas, assisti a duas reportagens sobre jovens mortos por policiais em periferias da zona leste e sul de São Paulo .
Lucas afirma que vê com bons olhos o surgimento de candidatos políticos da própria periferia .
COMUNIDADE TEM ATENDIMENTO MÉDICO PARTICULAR
A Folha de São Paulo, registrou em 04 de Abril a contratação de uma equipe médica pela comunidade de Paraisópolis, serviço privado e com atendimento 24 horas, com ambulância e enfermeiros.
E pouco importa se o mesmo veículo notificou o PCC ( Primeiro Comando da Capital ) como a autoridade máxima da comunidade .
Importam o número de atendidos pela iniciativa creditada pela Associação de Moradores .
A Criminalidade e a corrupção estão em todas as esferas públicas .

REDE SOLIDÁRIA AMPARA MORADORES
A fome se espalhou antes que o Coronavírus chegasse na periferia, com a proibição de tumultos , muitos profissionais autônomos, ambulantes, empregadas domésticas residentes nas periferias, tiveram de abandonar o seu trabalho .
Crianças acostumadas com até cinco refeições ao dia nas escolas que foram fechadas devido a quarentena, tem dietas pobres que podem se resumir a arroz puro .
Daí a importância da Rede de Solidariedade que se formou no país, na doação de alimentos e produtos para higiene.
O funcionamento da Rede de Apoio Humanitário, da qual o jornalista Lucas Antônio é um dos administradores, é muito organizado .
Existe o processo de captação de doares, a preocupação com a identificação de pessoas necessitadas de acordo com a região, com a logística, enfim…uma lição social a ser seguida por muitos aspirantes a uma cadeira na política .
Terminamos a matéria deixando aqui dados bancários para quem quiser ajudar a Rede de Apoio Humanitário, que está fazendo um ótimo trabalho de apoio a moradores de comunidades de todo o Brasil .
Rede de Apoio Comunitário – Banco do Brasil / Ag : 3055 – 4 / CC : 29.790-9

Silvio Tadeu
Jornalista e Produtor Cultural
www.silviotadeu.blogspot.com.br
Instagram : @siltad

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

A atriz e cantora mirim Hellen Alexandre vem se destacando.

Published

on

          A cantora começa os preparativos para gravar seu clipe ainda para esse semestre.

 Mesmo em meio à pandemia a atriz e cantora, Hellen Alexandre, 14, vem trabalhando em seu novo trabalho, que está previsto para ser lançado ainda neste primeiro semestre.” Quero inovar , trazer algo diferente ao meu público com o novo clipe com a música “Pop Star””, comenta Hellen.

“ Eu acredito, que mesmo diante de tantas dificuldades que estamos vivendo, temos que seguir em frente No ano passado, lancei o clipe da Música “Finjo que Sou Durona” de sua composição” e também seu segundo CD “Sonho de Pop Star EP 2” .

   No ano passado, Hellen Alexandre foi convidada para ter uma participação em uma série “Caminhos da Fama” transmitida pela RedeTv.” Foi uma grande experiência para mim, contracenar com outros artistas me fez ter a certeza de que estou no caminho certo”, comenta Hellen Alexandre.

 A história da carreira dessa jovem começou aos dois anos, sempre gostou muito de cantar, ficar atuando na frente da TV como as atrizes de filmes, mas foi aos nove anos que a atriz ingressou na sua carreira como atriz e modelo. Fez vários testes em agências para modelo e atriz, e logo na primeira realizada em Curitiba foi aprovada por dez agências.

Apresentou uma peça com a sua turma de teatro chamada “Mundo dos Sonhos” , após isso ganhou duas faixas de “Miss Primavera” e “Miss Caras e Talentos”.

Em Janeiro de 2018 foi convidada para apresentar o programa Caras e Talentos junto com o Diretor Milton Silva.

E em Março de 2018 despertou sua enorme vontade de cantar e apresentou uma música chamada “If only” da  cantora Dove Cameron , todos se encantaram e ela decidiu gravar, se apresentou em vários eventos com ela, até que um dia despertou sua vontade de escrever música e em questão de minutos ela escreveu a música “Maluca Pirada” , gravamos a música e o clipe.

Em dezembro de 2018 gravamos o seu primeiro CD “Sonho de Pop Star” com as músicas autorais dela “Maluca Pirada “ e “Pop Star” e as outras de vários compositores.

Continue Reading

Entretenimento

João Bosco & Vinícius lançam clipe de “Bloqueia eu” versão remix do DJ Lucas Beat

Published

on

Dupla quis homenagear fãs ao incluir vídeos do tiktok com coreografia da música que já alcançou números expressivos desde o lançamento

Assista aqui: https://youtu.be/tfmH6eigDnw

Quem nunca quis participar do videoclipe de seu artista ou dupla do coração, não é mesmo? Foi pensando nisso, e no distanciamento social que tanto nos tem acometido nos últimos tempos, que a dupla João Bosco & Vinícius lançou o “Desafio Bloqueia Eu”, para os fãs se sentirem mais perto deles. O que eles não imaginavam é que seria este grande sucesso, com a força do aplicativo tiktok.

Nesta terça-feira, 27 de abril, João Bosco e Vinícius lançam o videoclipe da versão remix da canção “Bloqueia eu”, feita em parceria com o DJ Lucas Beat. A música foi lançada em fevereiro deste ano. Originalmente, a faixa faz parte do projeto gravado no final de 2019, ao vivo em Goiânia. Com a batida mais dançante, é possível assistir trechos de diversas dancinhas e desafios em que os fãs puderam soltar a criatividade e ilustrar – à sua maneira – a coreografia.

“O resultado ficou muito bom, nós já estávamos felizes com o resultado que ela vinha alcançando nas plataformas de streaming! Agora com o clipe, esperamos crescer ainda mais – já que é uma resposta orgânica do nosso público – e elevá-la a um outro patamar!” explica Vinícius.

Na plataforma TikTok já existem mais de 160 mil vídeos com a música original. E foi pensando nisso que surgiu a ideia do clipe! Personagens famosos, como os vovôs tiktokers, aderiram ao balanço de “Bloqueia eu” e também fizeram seu vídeo.

As hashtags #BloqueiaEu #BloqueiaEuChallenge vem com números expressivos e crescem a cada dia. João Bosco diz ter adorado a ideia: “desde o começo dessa onda do tiktok, das dancinhas, a gente se divertia muito já! Logo que pensamos em ligar o clipe, os fãs e a canção remixada, imaginei que viria algo bom! Estamos esperançosos com este lançamento! Espero que todos gostem também”.

A dupla sempre trouxe coisas novas ao público, inclusive a faixa remixada foi uma delas, eles mostraram se adaptaram às mudanças, o clipe traz interação e criatividade. Nas plataformas digitais a faixa também andou muito bem, foram mais de 9 milhões de plays. No Youtube chegaram a 7 milhões de views.

Em paralelo, João Bosco & Vinícius seguem no preparo de muitas novidades para todos os fãs da dupla. 

Continue Reading

Entretenimento

Franqueados da Mary Help em Salvador celebram sucesso durante a pandemia da Covid-19

Published

on

Medidas de segurança e higiene atreladas à oferta de novos serviços e a facilidade que clientes encontraram na contratação de diaristas, fizeram as unidades crescerem

Não é novidade pra ninguém que a pandemia da Covid-19 causou grandes estragos na economia brasileira. Alguns segmentos, entretanto, conseguiram se manter, como é o caso do franchising. Segundo os últimos dados divulgados pela ABF (Associação Brasileira de Franchising), o setor de franquias manteve sua curva de recuperação no 4º trimestre de 2020, se aproximando dos níveis pré-Covid-19. O franchising registrou uma receita apenas 1,8% menor no período, comparado ao 4º trimestre de 2019, que foi de R$ 54,966 bilhões para R$ 53,976 bilhões.
Neste cenário, franquias que oferecem serviços de limpeza e higienização têm percebido a alta demanda do consumidor principalmente por questões sanitárias envolvendo a pandemia do novo coronavírus. Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), redes do setor movimentam cerca de R$ 18 bilhões no Brasil.

Sendo cada vez mais valorizado, o segmento se mostra bastante promissor principalmente para quem pensa em investir no próprio negócio abrindo uma unidade franqueada nessa área, pois além de indispensável, não sofre com sazonalidade.

“Uma vez estando mais tempo em suas casas, as famílias começaram a investir mais ainda tanto em serviços e produtos de construção e manutenção, como em limpeza e conservação e não somente por uma questão de estética e aconchego, mas, sobretudo, por motivos de saúde e higiene”, explica José Roberto Campanelli, fundador e diretor da Mary Help, primeira franquia do Brasil a realizar a intermediação no serviço de diaristas.

Com 130 unidades em todo país, a Mary Help viu muitas de suas unidades crescerem mesmo no período de isolamento social. Três delas em especial, duas no litoral de São Paulo e uma em Salvador (BA), ganharam destaque na rede.
Inaugurada no início de 2020, as unidades da Mary Help em Santos e Praia Grande, ambas no litoral de São Paulo, foi uma das unidades que viu seus negócios prosperarem em plena pandemia da Covid-19. A de Santos, por exemplo, registrou crescimento fantástico em maio – logo no início da pandemia, finalizando 2020 com 800 diárias. As duas unidades juntas são um sucesso e contabilizaram mil diárias em dezembro do ano passado e quase 5 mil no ano fechado de 2020.

“Ninguém esperava uma pandemia, mas onde existem problemas também existem oportunidades. Após o início da quarentena, a Mary Help encontrou meios de continuar trabalhando, e surgiu a oportunidade de oferecer novos serviços que nos permitiu expandir em meio a tudo isso. O maior desafio foi amenizar o medo do contato entre clientes e profissionais, e fazer com que ambos respeitassem os novos protocolos e medidas de segurança contra a Covid-19”, declara Carolline Marchi Bento, franqueada da Mary Help em Santos e Praia Grande.

Para conseguir superar o tão conturbado início de pandemia no ano passado e ainda crescer, a franqueada apostou na qualificação de sua equipe, dedicação no serviço de pós-venda, que resultaram na fidelização de cliente, e investimento em marketing digital. Ela também contou com o esforço por parte da franqueadora em aumentar a oferta de serviços – foram três lançamentos – limpeza, higienização e impermeabilização de estofados e lavagem e higienização de tapetes, e de se reinventar.

Carolline optou por investir em duas franquias da Mary Help em 2109 ao se mudar para Santos e procurar diarista para contratar, foi quando descobriu a rede. A facilidade de contratação e a experiência positiva como consumidora a levou a pesquisar sobre esse mercado até que percebeu que havia um espaço a ser explorado na baixada santista. Ela também i…

Continue Reading

Destaque

Copyright © 2021 ocimar.com. Todos os direitos reservados.