Conecte-se conosco

Boas notícias

PARAMÉDICA BRASILEIRA EM LONDRES ENSINA 08 PASSOS DE PRIMEIROS SOCORROS DO INFARTO

Publicado

em

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 17,5 milhões de pessoas morrem vítimas de doenças cardiovasculares a cada ano. No Brasil, a média anual chega a 350 mil, o que corresponde a uma vida perdida a cada 40 segundos.

“Os sintomas são variados, sendo os mais comuns as dores tipo pressão no centro do peito, dificuldades para respirar, palidez, suor frio, náuseas, vômitos, tontura, confusão mental, perda de consciência e dores na parte de cima das costas, nos braços e na mandíbula e pescoço. O Ataque Cardíaco pode durar minutos ou até dias e a severidade depende da localização exata do problema no coração. O mais prudente é buscar o quanto antes ajuda médica”, ressalta Priscila Currie – paramédica formada pela St Georges Universidade em Londres ( única mulher brasileira neste cargo em Londres).

Infelizmente, o Ataque Cardíaco, que também é conhecido como Infarto, pode acontecer de repente. Por isso, existem algumas condutas que podem ser feitas antes do atendimento médico de urgência. Confira os alertas desses primeiros socorros com especialista em medicina pré- hospitar do Reino Unido:

1- CALMA: Tente manter a calma e ou acalme a pessoa que está se sentindo mal. Se possível também, não fique em pé. O ideal é sentar-se ou deitar-se em um local seguro, pois, caso aconteça um desmaio, o paciente não se machucará.

2- AMBULÂNCIA: Ligue imediatamente para o serviço de emergência mais próximo do seu bairro ou local que estará. O Samu (192) ou os bombeiros (193), por exemplo. Explique pausadamente o ocorrido e o endereço correto onde está. Se possível, peça para alguém esperar pela ambulância na rua.

3- MEDICAÇÃO: Se a pessoa não tiver alergias a Aspirina, peça para ela chupar esse medicamento, sem engolir o comprimido de 300mg. Sem água, apenas dissolvendo na boca mesmo. Atenção! Não deixe e pessoa sozinha, apenas faça isso se o remédio estiver no local.

4- SEM ESFORÇO: Não permita que a pessoa com sintomas faça qualquer esforço físico, muito menos que ela dirija até o pronto-socorro sozinha, por exemplo. Mantenha a pessoa calma, conversando sobre dias felizes para distração.

5- SEM BEBIDAS OU ALIMENTOS: Em caso de crise, mesmo sendo um alarme falso, não ingira bebidas, comidas ou fume cigarros. Essa conduta só vai prejudicar o quadro.

6- DESMAIOS: Infelizmente, pode ocorrer. Neste caso, deite a pessoa em posição lateral, pois se ela vomitar, não correrá o risco de engasgar. E fique de olho na respiração sempre! Se a respiração parar, se prepare para fazer ressuscitação.

“Deite o paciente de costas no chão e olhe para a barriga e peitoral da pessoa para detectar movimentos respiratórios. Não perca tempo tentando achar pulso ou batimento cardíaco! Apenas a respiração é o que importa. Ar entrando e saindo = respiração. Se a respiração estiver ausente, chame por ajuda urgente e ligue para ambulância novamente. Reforce que pessoa não está respirando. Se prepare para começar a massagem cardiaca”, explica a paramédica.

7- DEA – Desfibrilador. Você sabe se tem um por perto? Qualquer um pode usar! Apenas ligue a máquina e siga as instruções. O equipamento não dá choque em quem não precisa receber e a utilização é segura.

8 – RCP – Ressuscitação Cardio-pulmonar. Em adultos, são 30 compressões cardíacas para 2 ventilações pulmonares. Repetida até a ambulância chegar ou até a pessoa retornar sua respiração espontânea.

A Priscila Currie é formada por umas das melhores faculdades clínicas do mundo, a St Georges University, em Londres. Ela trabalha como Paramédica para o governo britânico atendendo as maiores emergências pré-hospitalares da capital.

Além disso, também ensina primeiros socorros em suas horas vagas e ajuda milhares de pessoas em suas redes sociais, onde é mais conhecida como Priscila Paramédica Londres.

Continuar Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Boas notícias

‘A Arte É Quem Somos’ com o cantor Waal ao Por do Sol na Varanda do SESI Rio Vermelho

Publicado

em

Ao por do sol do domingo, 12 de dezembro de 2021, às 17h, na Varanda do Sesi Rio Vermelho, o cantor Waal apresenta o show ‘A Arte é quem somos’ com estilo que caminha do clássico ao emblemático, conduzindo o show com uma impactante interpretação de músicas que transitam entre a mpb e o pop internacional, em uma grande mistura de influências culturais e ritmos, com um ‘feeling’ que transcende abrangendo o seu público, levando a sua mensagem de forma forte, acolhedora e iluminada. “A Arte é uma ferramenta criada pela alma para transformar em mensagem o que sentimos, o que vivemos e, sobretudo, quem nós somos.” diz Waal. O show traz como músico acompanhante o violonista e arranjador Lael Póca Zói e conta com as participações especiais dos cantores e violonistas Meg e Jorge Sousa, quando juntos interpretam o melhor da música popular brasileira, numa parceria Hessel Produções, Siri Produções, Waal Studios, Jack Comunica, Comida de Varanda e Teatro SESI Rio Vermelho / FIEB.
O Centro Cultural SESI Rio Vermelho segue todas as normas e diretrizes dos órgãos de saúde com o uso obrigatório de máscara, distanciamento entre mesas, entre outros.

O couvert artístico custa R$20,00.
Reserva de Mesa: Tel.: (71) 9.9160-9140.
Wallace Lima – conhecido como Waal, tem formação em balé e atualmente desenvolve sua veia artística unindo o canto e a fotografia. Iniciou sua história com a música ainda muito jovem e aos 16 anos ingressou no grupo de vocal performático ‘Vozes do Engenho’ onde residiu por 5 anos, tendo como referências artistas como Queen, Michael Jackson, Amy Winehouse, Whitney Houston, Elis Regina, Ney Matogrosso, Jorge Vercilo, Gloria Groove, entre outros. Participou de projetos como ‘Boca de Brasa’, ‘Pra te lembrar do Badauê’, ‘Pôr do Solar’, entre diversas outras experiências como dublagens e interpretações performáticas.

Serviço:
O que: show ‘A Arte é quem somos’ do cantor Waal
Quando: Dia 12/12/2021, domingo
Horário: às 17h, ao por do sol
Couvert: R$20,00
Onde: Varanda do SESI Rio Vermelho
Endereço: Rua Borges dos Reis, 09 – Rio Vermelho.
Parceria: Hessel Produções, Siri Produções, Jack Comunica, Waal Studios, Comida de Varanda e Teatro SESI Rio Vermelho / FIEB.
Informações e Reserva de Mesa: Tel.: (71) 9.9160-9140.

Continuar Lendo

Boas notícias

ANTHONY CARRERA assina contrato com a ONErpm e lança EP

Publicado

em

Novidade foi comunicada pelo artista nesta sexta-feira (03)
O cantor paulista de pop sertanejo ANTHONY CARRERA assinou contrato com
o selo nacional ONErpm , também responsável pela carreira de artistas como
Lucas Lucco e Pericles. “É uma oportunidade única para crescer ainda mais
como artista e é uma honra fazer parte desse casting “, confirma o cantor, que
também ressalta enxergar a importância da gravadora no mercado fonográfico.
Atualmente, o artista acumula sucessos como “La ultima noche ” e “Bijuteria “,
além de somar mais de 130 mil seguidores no Instagram.
E hoje tem mais uma novidade de ANTHONY CARRERA. O lançamento do EP
“Pra todo mundo ouvir “, um compilado dos singles que ele já lançou e mais
uma inédita, “ Lua de mel ”. A música vem com uma vibe ainda mais romântica.


“ VAMOS OLHAR O ARCO-ÍRIS NO CÉU
E COLORIR CADA GOTA QUE CAIR NO PAPEL, SER UM LÁPIS DE COR
DESENHAR NOSSO AMOR
VIVER UMA LUA DE MEL…”
A letra da canção fala de uma história de amor real que muita gente vai se
identificar.
O EP também traz os sucessos “ Resposta para o amor “, “ Cuidando de mim ”,
“ Amor sem fim” e “Pra todo mundo ouvir “, todas autorais de ANTHONY.
Agora, o cantor, compositor, instrumentista, arranjador, assinou com o novo
selo ONErpm e chega no mercado numa nova fase com um olhar repleto de
surpresas sobre a vida e seus projetos para a estrada e shows.
“Esse EP é uma vitória, um desafio e uma celebração de um novo tempo, que
não vejo a hora de viver. É um eterno recomeço”, avisa ANTHONY.
Acompanhe Anthony Carrera nas redes sociais @anthonycarreraoficial
Ouça aqui:
https://onerpm.link/pratodomundoouvir

Continuar Lendo

Boas notícias

90% dos carcinomas pele- Dezembro Laranja

Publicado

em

A campanha Dezembro Laranja – criada em 2014, tem como meta sensibilizar as pessoas sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de pele, pois são cerca de 180 mil novos casos ao ano no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA).
Esse é tipo de mais comum, correspondendo a cerca de 27% dos tumores malignos. Os três principais tipos de tumores são o basocelular, o espinocelular e o melanoma, sendo que cada um desse pode ter um tipo de agressividade, velocidade de crescimento e risco de metástase, o que pode levar a tipos diferentes de tratamento.
A chave do tratamento é prevenção, mas as técnicas cirúrgicas também permitem uma recuperação rápida e segura na maioria dos casos.
“Todo câncer tem que ser tratado precocemente para não haver lesões mutilantes, principalmente, em regiões de mais exposição do corpo, gerando muito desconforto e tristeza aos pacientes. 90% dos carcinomas são basocelulares ou espinocelulares e esses necessitam de cirurgia. A boa notícia é que temos tratamentos efetivos, depende de cada caso, localização e da extensão do tumor”, explica Dr. Diogo Coelho.
Segundo o cirurgião plástico, a maioria das técnicas pode ser feita em consultório ou clínicas especializadas. Os tumores mais avançados podem necessitar de tratamentos cirúrgicos de maior porte ou quimioterápico. Entre as cirurgias, estão:
•    Biópsia, no qual se retira pequena parte ou toda a lesão da pele, muito utilizada para pequenas lesões ou lesões maiores para se fazer o diagnóstico anátomo-patoligico.
•    Cirurgia de Mohs –  para cânceres de pele com alto índice de recidiva (volta da doença após o tratamento) ou quando a meta é poupar o máximo possível de pele saudável, como exemplo, os cânceres próximos dos olhos, rosto, dedos e orelhas.
Dr.Diogo explica que a Cirurgia de Mohs é demorada e bem complexa, mas com bons resultados. Nela, remove-se a camada da pele que pode ter sido afetada pelo tumor e, em seguida, é feito um mapeamento minucioso de toda essa amostra por meio de um microscópio. A pele é retirada quantas vezes for preciso até não haver mais vestígios de células tumorais.
“ Já os tumores grandes, temos que usar enxertos com retalho de pele que, além de auxiliar na cicatrização, recupera a aparência estética da região”, finaliza o especialista.

Continuar Lendo

Destaque