Connect with us

Notícias

Lançamento sábado, pelo YouTube: Psicoterapia corporal à brasileira, com Regina Favre

Published

on

Seguidora de Keleman e Gaiarsa, referência em psicoterapia corporal no Brasil, Regina Favre reúne especialistas multidisciplinares para apresentar o primeiro volume da Coleção Pulsátil. No lançamento online, autora e convidados mostrarão a forma brasileira de trabalhar a anatomia emocional, neste sábado, 27/02, às 17 horas, no canal da terapeuta no YouTube.

Quando a psicoterapia corporal começou a ser disseminada no Brasil, em 1970, Regina Favre estava entre os primeiros praticantes. Em plena ditadura, Regina buscou conhecimentos e experiências fora do país e trouxe do Primeiro Mundo métodos que reconstruiu aqui, de um jeito muito brasileiro. Do alto da experiência acumulada em mais de 40 anos como pesquisadora, ela agora compartilha a sua prática e os conceitos nos quais se baseia. No lançamento de Do corpo ao livro (Summus Editorial, 176 p., R$ 62,80), primeiro volume da Coleção Pulsátil, a filósofa e terapeuta Regina Favre revela como a teoria funciona na prática, com todos os detalhes, na companhia de Moisés Rodrigues, psiquiatra e psicanalista; Flávia Libermann, terapeuta ocupacional, pós-doutora, professora da UNIFESP – Baixada Santista; Zoca Freire, psicoterapeuta corporal e Daisy Perelmutter, cientista social e pesquisadora da história oral para conversar do livro. O público que acompanhar o lançamento ganhará um cupom de desconto para comprar o livro. Saiba mais em  https://bit.ly/regina_livro2

Mostrando claramente suas influências, de J. A. Gaiarsa a Stanley Keleman, autor de Anatomia emocional (Summus Editorial), passando pela esquizoanálise de Gilles Deleuze e Félix Guattari, Regina Favre revela todos os detalhes de seus conceitos e práticas sobre o corpo, construindo sua própria teoria e conceitos sobre a relação corpo e sociedade. Apresenta, assim, uma teoria particular e inédita sobre o processo formativo, considerando as particularidades brasileiras.

Regina Favre mostra tudo de forma muito pessoal. Neste volume, descobrimos o seu não-segredo: a prática de registrar, em vídeo, fotos, transcrições e anotações, e, com base no imenso volume de registros, lapidar arte e afeto, permitindo que os corpos sejam o que são. Como em uma investigação arqueológica, ela apresenta as origens do processo formativo, incluindo outras práticas, expandindo as possibilidades e criando horizontes.

A prática proposta por Regina Favre em seu Laboratório do Processo Formativo, que é o centro deste volume, inova ao considerar uma forma anticolonialista de enxergar a realidade somática, social e política do Brasil. Nesse contexto, ela acredita que espaços terapêuticos têm importante função de acolhimento, ajudando as pessoas a reprogramarem a própria vida e a tornarem ambientes existenciais mais sustentáveis. A terapeuta defende que o método seja adotado pelo programa de saúde pública para os brasileiros.

A obra é dividida em cinco partes: na primeira, “Vicissitudes de uma colonização”, estão desmembrados o método e suas influências; na parte II, “Engendrando um Keleman”, a autora descreve a prática do psicoterapeuta; a parte III, “Cenas de uma instalação didática”, traz diversas imagens; e a parte IV, “Dramaturgia dos corpos – Vídeos”, inclui códigos QR como recurso audiovisual para acompanhar as práticas; por fim, há um compêndio intitulado “Presenças”, composto por citações bibliográficas e imagéticas.

O prefácio é de Rebeca Berger, psicóloga, analista bioenergética e international trainer, que define: “Usando o conceito de ‘cozinha do analista’, do nosso mestre em comum Emilio Rodrigué, afirmo: se Regina fosse uma restaurateur, seu restaurante seria construído à maneira de uma arena – a cozinha ocupando o centro com toda sua azáfama produtiva, possibilitando aos clientes, que esperam à mesa o prato desejado, acompanhar desde o início todos os pormenores do preparo. E assim quem quiser, além de saborear, pode aprender a fazer por si”.

A coleção:

A Coleção Pulsátil ganhou esse nome graças à bomba pulsátil, conceito central do corpo no pensamento e na prática de Regina Favre. A ideia é produzir uma coleção de livros vivos, que vá gerando livros de forma viva. Livros que pulsem nos ambientes de leitores, ambientes de pensamento, ambientes de teorias e de práticas que consideram o corpo como a realidade central da nossa vida.

A autora:

Primeira geração no campo das psicoterapias corporais no Brasil, Regina Favre é filósofa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), psicoterapeuta, professora e pesquisadora do corpo por meios audiovisuais no Laboratório do Processo Formativo. Cuidou de todas as traduções e apresentações dos livros de Stanley Keleman (Summus Editorial), com quem se relacionou profissionalmente por quase quinze anos e cujo pensamento introduziu no Brasil. Produz continuamente vídeos e textos sobre o corpo como um processo biológico, histórico e social num viés de arte, clínica, filosofia e política. Tem inúmeros artigos e capítulos publicados. Dirigiu e editou o longa-metragem Memória do ácido.

Título: Do corpo ao livro (Coleção Pulsátil, volume 1)

Autora: Regina Favre

Editora: Summus Editorial

Preço: R$ 62,80 (E-book: R$ 39,80)

Páginas: 176 (14 x 21 cm)

ISBN: 978-65-5549-020-6

Atendimento ao consumidor: (11) 3865-9890

Sitewww.gruposummus.com.br

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Hospital do Rio de Janeiro traz empatia e humanização para rotina dos pacientes com Covid

Published

on

Na unidade de saúde, percebeu-se a necessidade de se colocar no lugar do outro e, assim, encontrou-se uma maneira de aproximar familiares internados no mesmo setor

Diante de um cenário delicado devido à pandemia do Coronavírus, o Hospital Icaraí vem humanizando cada vez mais o seu atendimento como uma das formas de combate ao vírus e acolhimento aos pacientes. Na unidade de saúde, percebeu-se a necessidade de se colocar no lugar do outro e, assim, encontrou-se uma maneira de aproximar familiares internados no mesmo setor. Como exemplos, um filho e a mãe; um marido e a esposa.

“No início tivemos familiares internados no mesmo setor e foi onde percebemos a necessidade de se colocar no lugar do outro. Por dois momentos, também na alta, nós conversamos com os pacientes e colocamos o leito de quem estava de alta na frente do box do familiar internado”, lembrou Nathália Pereira, enfermeira do Hospital Icaraí e umas responsáveis pelo trabalho multiprofissional no Centro de Terapia Intensiva III de Covid.

A equipe técnica do HI preza muito pelo acolhimento aos pacientes e pelas suas famílias de alguma forma. Por isso, outra ação que idealizaram foi a de realizar as chamadas de vídeo com toda a preocupação de saber quem vai estar do outro lado e em que condições esse familiar se encontra.

Hospital Icaraí: leito de quem estava de alta na frente do box do familiar internado
Divulgação

Nathália ressaltou, ainda, a plaquinha dada pelo hospital aos pacientes que recebem alta: “Todo mundo conhece e a gente faz muita questão na hora da despedida como um prêmio mesmo, pois sabemos que foi a etapa mais difícil a ser concluída”, afirma.

Continue Reading

Notícias

Cantora Joanna Faz Live Em Homenagem Ao Dia Das Mães

Published

on

(Foto de divulgação)

A cantora Joanna presenteia todas as mães, com um live especial no dia 08 de maio, sábado, às 20 horas, no seu canal de Youtube  @JoannaOficial

Joanna cantará grandes sucessos que marcaram sua carreira e apresentará algumas canções inéditas de seu novo álbum, além de abrir espaço para os fãs pedirem suas  musicas preferidas.

Durante este período de pandemia em que os shows estão suspensos, Joanna vem mensalmente mantendo um encontro com seus fãs, através das redes sociais, facebook e Instaram, ela canta, responde perguntas, conta historias engraçadas da sua carreira e assim, faz deste encontro uma grande festa.

Devido a falta de publico presencial, artistas tem usado o artifício das Lives pagas às quais tem sido muito bem aceitas pelo público em geral, A live da cantora Joanna tem um preço especial R$35.00 (trinta e cinco reais), é o preço do ingresso participativo. Você já pode garantir o seu através do site www.joanna.com.br ou https://www.mcvendasonline.com/…/ingresso-para-o-show…  

Serviço

Show Joanna especial dia das Mães

Dia 08 de maio, sábado, às 20h.

Valor do ingresso: R$ 35,00Compra: www.joanna.com.br ou https://www.mcvendasonline.com/…/ingresso-para-o-show…

Continue Reading

Notícias

Dia das Mães: Ceasa Campinas espera vender 30% a mais de flores que no ano passado

Published

on

Baixar fotos em alta aqui 

O Mercado de Flores e Plantas Ornamentais da Ceasa (Centrais de Abastecimento S. A.) Campinas está a todo vapor com a proximidade do Dia das Mães, que será no próximo domingo, 9 de maio. O chefe de setor do Mercado das Flores da Ceasa, Fábio Fainer, diz que este período conta com 15% a 20% a mais na oferta de produtos. A expectativa é de vender cerca de 30% a mais em relação ao ano passado.



Há flores para todos os tipos e gostos e para orçamentos variados. As mais comercializadas, segundo Fainer, são as rosas, kalanchoe, begônias, crisântemos, antúrios e orquídeas. ”Um dos destaques de flores é a orquídea cymbidium, que dá nesta época e sai bastante para o Dia das Mães”, comenta.

O Mercado de Flores conta com mais de 20 mil itens de flores cortadas e em vasos; plantas ornamentais, forrações, mudas diversas, além de outros 5 mil produtos de acessórios para decoração, eventos, paisagismo e acabamento de arranjos e cestas.



O horário do Mercado de Flores funciona para o público em geral às segundas, terças, quartas e sextas-feiras, das 8h às 16h30; quintas-feiras, das 10h às 16h30; e sábados, das 8h às 13h. A Ceasa Campinas fica na Rod. Dom Pedro I, Km 140,5, Pista Norte.


Sobre o Mercado de Flores
O Mercado Permanente de Flores e Plantas Ornamentais da Ceasa Campinas fica numa área de 100 mil metros quadrados e dispõe de infraestrutura completa de carga e descarga, depósitos, câmaras, estacionamento, entre outros. Inaugurado em 1995, o espaço tem 504 pontos de venda (boxes) e cerca de 240 permissionários que comercializam produtos vindos de quase 70 municípios e do Exterior, como Colômbia e Equador.

Maiores informação: Dayane Oliveira – Assessoria Mercado de Flores Ceasa Campinas 19-3746-1002 www.ceasacampinas.com.br 

.

Continue Reading

Destaque

Copyright © 2021 ocimar.com. Todos os direitos reservados.