Conecte-se conosco

Boas notícias

Sobrado da Cidade traz gastronomia e história ao Centro do Rio

Publicado

em

Empresária Carla Esteves traz novas experiências em sabores em casarão do século XIX.

Sobrado da Cidade, novo ponto do Corredor Cultural e Gastronômico do Rio promete ser a nova sensação da cidade. Inaugurado no último dia 12 de agosto, pela empresária Carla Esteves Teixeira, com dois sócios, em um casarão histórico de 3 andares, na Rua do Rosário, 34 – Centro, RJ, opção para quem sai do Centro Cultural Correios, CCBB e Casa França Brasil, para quem trabalha na área ou turistas que queiram conhecer um pouco do nosso passado e fazer lindas fotos. Além claro, dos pratos fantásticos preparados pelo Chef Gabriel Ribeiro, formado na Cordon Bleu, mas que deixam marcado em nossas lembranças, sua cozinha brasileira e cheia de gratas surpresas.

O Sobrado da Cidade tem 450 metros quadrados, em 3 andares. O centro do restaurante tem um pé direito de 23 metros de altura – o teto é com telhado de acrílico para permitir a entrada do sol.

O espaço para cliente concentra-se no térreo – mezanino e segundo andar.

No térreo existem mesas e um bar para servir chope e outras bebidas, como refrigerantes, sucos, drinks e etc. Logo na entrada do restaurante encontra-se um lounge do Café Três Corações, com cafés especiais para compra do pacote com grão. Também é possível conhecer a história do café numa linha do tempo na mesa desse espaço.

No mezanino fica a adega de vinhos e um espaço com bar utilizado apenas para eventos.

No segundo andar tem o espaço Black Princess – um lugar para descontrair. Esse espaço foi construído em parceria com o grupo Petrópolis e usam como conceito da marca Black Princess. A cerveja escolhida para representar a cervejaria dentro do Sobrado da Cidade foi porque a black princess era a cerveja que o D. Pedro II tomava. Como tudo dentro do Sobrado tem história ela veio para agregar valor ao contexto. Nesse espaço tem uma jukebox que serve para música ambiente e também para alegrar as festas realizadas naquele espaço.

Os outros lugares dentro do casarão são para produção de alimento e escritório.

No total o restaurante tem capacidade para 150 pessoas. Tem acessibilidade.

Atualmente, funciona como restaurante e haverá lives no Espaço Black Princess. Em breve, haverá exposições e debates culturais. Há espaço para coworking e pode ser utilizado para eventos – casamentos, noivados, formaturas.

Importante: Sempre respeitando o distanciamento entre as mesas, número de pessoas e uso de máscaras. Do lado de fora, há mesas ao ar livre para quem quer curtir a arquitetura colonial

Um pouco de história

Um casarão de 1865 – possui uma parede de 23 metros de altura construída por escravizados, usando óleo de baleia e pedras. Os azulejos são de origem holandesa. O local sempre abrigou negócios, foi armazém ( açúcar, aguardente, café, banha, farinha e outros itens de um armazém), hotel, sediou uma companhia marítima, foi residência do Barão Peixoto Serra.


“Decidimos montar o Sobrado da Cidade em novembro de 2019. Estávamos procurando um espaço para restaurante e fomos conhecer o casarão. Quando chegamos ficamos maravilhados com a energia do lugar. Algo nos hipnotizou quando entramos no espaço. Possui uma força gigante e ao mesmo tempo um charme singular. Eu fico encantada sempre que chego no prédio, embora esteja diariamente no local. A amplitude do pé direito dá uma sensação muito prazerosa. Outro dia fui em um restaurante com pé direito baixo e algo me incomodava o tempo todo. Não sabia explicar, me sentia abafada. Depois de um tempo é que associei a minha rotina do Sobrado. Ele é muito amplo e parece que o ar flui.
Antes do cardápio queríamos saber as memórias do prédio e no mesmo dia ligamos para duas historiadoras e encomendamos uma pesquisa sobre o local. São muitas memórias e elas fazem parte da nossa cultura. Machado de Assis passava pela rua do Rosário. Carmen Miranda morou na região. Princesa Isabel decretou a lei Áurea no paço Imperial. Tem histórias por todos os lados.

São 157 anos de memórias. Uma construção como a do Sobrado e de muitos outros prédios da região da praça XV são as raízes da nossa origem. Precisamos dar valor ao que nos proporciona resgate cultural”, conta Carla Esteves.

Quem é o Chef Gabriel Ribeiro

Chef Gabriel Ribeiro – formação em cozinha francesa. Trabalhou na Le Cordon Bleu. Ele não usa temperos artificiais, produz tudo no Sobrado da Cidade. Os temperos, molhos, pães, massas e outros itens usados no pré-preparo dos alimentos são produzidos no local. A base dos seus pratos leva 48h para ficar pronto. Tem muito respeito pelo alimento. Para ele, os ingredientes devem ser produzidos extraindo o máximo de seu potencial. O cuidado para não ter desperdício é uma premissa, zelando pelo aproveitamento do alimento. Um exemplo é a semente da abóbora. Ela compõe a granola que é feita na casa. No cardápio é oferecido um risoto de abóbora que é servido com granola. O pré-preparo é muito trabalhoso, mas o resultado é incrível. Um sabor que surpreende o cliente.

O estilo da comida

Comida brasileira – os ingredientes que são usados para fazer os pratos, alguns são conceituais. Tipo a barriga de porco, em que é usada canjiquinha. Um alimento pouco explorado na culinária. Ele criou esse prato incluindo o melaço e a cachaça envelhecida para fazer referência aos itens que foram comercializados no casarão. Não é uma refeição, é uma experiência – Entrada, prato principal e sobremesa. Todos os pratos foram criados para que o cliente possa transitar por vários sabores.

Na cozinha existe um fator diferente que agrega muito valor para os pratos que o Gabriel elaborou. Tem uma parrilla. Nela, grande parte dos alimentos são finalizados. O processo do prato da horta, por exemplo, é uma romana braseada na parrilla. Acompanha molho de morango e tomates queimados na parrilla. O sabor é incrível. A romana fica crocante e com gostinho defumado que harmoniza perfeitamente com os acompanhamentos. É uma experiência única.

“Queremos mostrar um pouco do valor que tem nossa história. Creio ser um dever nosso, como cidadão, preservar e levar a nossa origem aos mais novos. As vezes eu vejo as pessoas circulando pelas ruas encantadas com as construções. Esse encantamento, na minha opinião, é o sentimento de pertencimento. Somos oriundos daquele espaço. O Brasil tem sua história registrada naquele local”, finaliza Carla Esteves.

Serviço

Sobrado da Cidade

Rua do Rosário – 34 – Centro – Rio de Janeiro (próximo ao CCBB)

De seg a quarta das 11h às 18h

Quinta a Sábado das 11h às 20h

Domingo 11h às 17h.

Aceita: cartões de crédito – débito – ticket refeição – pix

Acessibilidade

150 lugares.

Fotos do local Carla Esteves

Fotos dos pratos Thiago Moura

Continuar Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Boas notícias

Psico-oncologista titulada pela SBPO Vanessa Jaccoud faz palestra “Da Prevenção ao Câncer de Mama aos Cuidados Pós Intervenções”

Publicado

em

Autora do livro “Transgeneridade: um caso de transcendência” fala pelo viés da saúde mental

A psicóloga Vanessa Jaccoud faz a palestra “Da prevenção ao câncer de mama aos cuidados pós intervenções” , dentro do Simpósio Outubro Rosa, com foco na saúde mental, no dia 21 de outubro, das 9h às 11h30, no Centro Médico Barrashopping.

Independente do mês , é sempre importante falar sobre câncer de mama, da prevenção até a cura, e os cuidados com a saúde mental, pois, segundo o INCA, há uma estimativa de mais de 66 mil casos novos entre 2020 e 2022.
Desde a descoberta, o acompanhamento psicológico é importante para trabalhar o impacto emocional, já que o câncer pode provocar uma ruptura com o próprio corpo, baixa autoestima, medo de rejeição, comprometimento dos relacionamentos, questionamento sobre a vida após a doença, além do medo da morte. O psicólogo vai cuidar da reestruturação e meios para enfrentar o estigma da doença e todo o seu tratamento. Como psicóloga clínica e psico-oncologista, a Dra. Vanessa Jaccoud tem muito a falar.

Em dezembro, Vanessa Jaccoud lança o primeiro livro da Coleção de Casos Clínicos, “Transgeneridade: um caso de transcendência”, pela Editora Cartola, onde trata de forma educativa e humanizada, da transgeneridade. A renda do livro será revertida para a Associação TRANquilaMENTE, fundada pela psicóloga para cuidados da saúde mental de indivíduos transgêneros, com atendimento psicológico, capacitação, cursos, apoio familiar, entre outras atividades, com valor social, no Recreio, RJ. Além do livro, lança a cartilha “Vamos Falar Sobre Transgeneridade?”. ambos de forma impressa e e-book.

O simpósio é voltado para assistentes sociais, educadores sociais e profissionais de diversas áreas que trabalham para a conscientização e prevenção do câncer de mama.

Sobre a Drª Vanessa Jaccoud

Psico-Oncologista pela FCMMG – Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais;
Membro Titulada pela SBPO – Sociedade Brasileira de Psico-Oncologia;
Especialista em Psicossomática pela FCMSCSP-Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo; Membro da ABMP-SP- Associação Brasileira de Medicina Psicossomática;
Psicóloga Clínica;
Membro certificada da WPATH- World Professional Association for Transgender Health;
Certificação em Excelência Avançada em Saúde para Transgêneros por Harvard Medical School;
Certificação em Traumas Complexos pela Harvard Medical School;
Certificação em Primeiros Socorros Psicológicos pela Johns Hopkins University;
Certificação em Dor Crônica pela University of Minnesota;
Introdução à Neurologia Clínica pela University of California, San Francisco.
Atua também nas áreas de Psiconeuroendocrinoimunologia e Psicofarmacogenética.
Autora da cartilha: Vamos falar sobre Transgeneridade?;
Palestrante e Idealizadora do projeto TRANquilaMENTE.

Instagram: @dravanessajaccoud @associacaotranquilamente

Continuar Lendo

Boas notícias

Reconstrução mamária e mitos da cirurgia

Publicado

em

A maioria dos pacientes com câncer tem indicação para reconstrução de mama!

Cirurgião plástico Dr. Diogo Coelho explica os diferentes tratamentos pós cirurgia ou quimioterapia

 

Olhar no espelho após a mastectomia (a remoção cirúrgica parcial ou total da mama) nem sempre é fácil, infelizmente. Além de todos os sintomas e efeitos colaterais do pós-operatório e terapias complementares como queda de cabelo e enjoos, a paciente oncológica ainda tem que lidar com o estresse e angustia de ter vivenciado essa situação e com sua autoestima, que fica abalada sem dúvida.

 

Mas a grande maioria das mulheres que passa pelo procedimento tem indicação para a reconstrução mamaria, sabia? Essa decisão deve ser conversada com o médico e cada paciente precisa ser avaliada para saber qual será a melhor técnica para seu caso.

 

Dr. Diogo Coelho aproveita o Outubro Rosa para explicar melhor os diferentes tipos de cirurgia após o diagnóstico de câncer. O médico tem especialização e vasta experiência clínica no Hospital Pérola Byington de São Paulo, em Cirurgia Reconstrutora da Mama.

 

Vale destacar que reconstrução mamária envolve a força tarefa de vários especialistas que vão trabalhar em conjunto para a reabilitação integral da mulher. Como prioridade também, informá-la sobre riscos e sequelas de cada procedimento. A conversa começa desde o acompanhamento do diagnóstico pelo oncologista, a retirada do tumor (que feita pelo mastologista), em seguida a reconstrução mamária por um cirurgião plástico.

 

Segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), cerca de 70% das pacientes oncológicas precisam recorrer a mastectomia. Diante desse cenário e dos números alarmantes de novos casos todos os anos, a decisão da técnica escolhida dependerá, primeiramente, do estágio no qual a doença se encontra.

 

 

“A minha meta diria é cuidar da autoestima da mulher. Com os avanços da medicina nesta área, é possível apresentar alternativas efetivas para que a paciente tenha qualidade de vida física e emocional. Dessa forma, a reconstrução mamária pode ser realizada com diferentes técnicas, por exemplo, com os expansores de tecido, que estão sendo cada vez mais utilizados. Já os implantes de próteses também podem ser colocados no mesmo dia da cirurgia, dependendo do caso”, explica Dr. Diogo.

 

 

Outra técnica que o cirurgião plástico utiliza são os retalhos de pele de músculo que podem vir do abdômen, das costas ou até mesmo do glúteo, para dar naturalidade para as mamas e sem muitos riscos pós- operatórios.

Continuar Lendo

Boas notícias

FAS Advogados apoia ONG que realiza mamografia de graça na Grande São Paulo

Publicado

em

Outubro Rosa: FAS Advogados apoia ONG que realiza mamografia de graça na Grande São Paulo em campanha de conscientização ao câncer de mama

Realizada pela entidade Amigas Américas, com apoio do FAS Advogados, ação ocorrerá até o dia 07 de novembro em cinco localidades diferentes

São Paulo, Outubro de 2021 – Criado no início da década de 90, nos Estados Unidos, a campanha ‘Outubro Rosa’ visa conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer, a estimativa de novos casos da doença no país é de aproximadamente 66 mil entre 2020 e 2022, e, para isso, a ONG Amigas Américas vai realizar a campanha ‘Mulheres Amigas’ neste mês de outubro no estado de São Paulo, que conta com a participação do escritório Focaccia, Amaral e Lamonica Sociedade de Advogados (FAS Advogados).

A campanha ‘Mulheres Amigas’ ocorrerá em quatro bairros da grande São Paulo, sendo destinada às mulheres com mais de 40 anos e que estejam em vulnerabilidade social. Caso atendam esses requisitos, será possível realizar o exame de mamografia gratuitamente, até o dia 07 de novembro, na carreta da ação, entre 8h e 18h. Além disso, as interessadas devem realizar um cadastro pelo site, levar documentos pessoais e, caso consigam, mostrar os exames de mamografia e ultrassons anteriores.

Cronograma da Unidade Móvel Mulheres Amigas:

01 a 09/10 – Guarulhos (Shopping Bonsucesso)

11 a 16/10 – Comunidades de Itaim Paulista

18 a 23/10 – Comunidades de Ferraz de Vasconcelos

25 a 31/10 – Comunidade de Paraisópolis

02 a 07/11 – Shopping Mauá Plaza

Ação Interna do FAS Advogados

Visando ampliar e fortalecer o Comitê de Mulheres, o FAS Advogados comunicou aos colaboradores que caso tenham interesse em ser voluntários para participarem da campanha de forma presencial, devem informar o escritório, que posteriormente comunicará à ONG responsável pela campanha.

Além disso, será informada aos colaboradores do escritório, a localidade e a data em que poderão estar presentes. Outra ação disponibilizada pela companhia é a realização de uma doação à Américas Amigas através do site (https://www.americasamigas.org.br/quero-doar#formDoar) do mesmo, pela opção ‘Quero Doar’, onde pode ser realizada via transferência bancária, cartão de crédito ou PayPal.

Agenda:

Campanha ‘Mulheres Amigas’ 

Quando: até 07 de novembro

Horário: entre 8h e 18h

Inscrição: https://www.americasamigas.org.br/mulheres-amigas-2021

Sobre o FAS Advogados

O FAS Advogados é um escritório de advocacia brasileiro, cuja filosofia é proporcionar aos clientes valor agregado aos seus negócios, atuando no ritmo que o mercado exige e entendendo as peculiaridades de cada segmento, com equipes dedicadas ao Direito Tributário, Societário/M&A, Direito Civil, Comunicação, Trabalho, Tecnologia, Bancário, Meios de Pagamento e Fintechs, entre outros.

Desde 2003, o FAS Advogados busca uma maneira moderna de atender seus clientes, oferecendo serviços jurídicos que possam impactar positivamente e estrategicamente seus negócios. Sua equipe é formada por profissionais altamente qualificados, focados na prestação de serviços jurídicos no mais alto nível e dentro de rígidos padrões éticos de conduta. A filosofia do escritório é estabelecer uma dinâmica de serviço que privilegie a atenção pessoal, alinhada com as formas mais contemporâneas de relações comerciais de sucesso.

Sobre a ONG Américas Amigas

Fundada em 2009, a ONG Américas Amigas trabalha pela redução da mortalidade por câncer de mama, por meio de doação de mamógrafos e promoção de capacitação/treinamento para profissionais da área da mamografia, além de campanhas de conscientização e informativas sobre a doença. Para mais informações, acesse: https://www.americasamigas.org.br/

 

Continuar Lendo

Destaque