Conecte-se conosco

News

Pílulas do saber: fonte de renovação e esperança para 2021

Published

on

O novo livro do Padre Reginaldo Manzotti vai ajudar quem busca um ano repleto de esperança

A chegada de um novo ano costuma vir acompanhada de ânimo e força, principalmente após um ano tão atípico como foi 2020. Com a esperança enchendo os corações de todo o mundo, a virada do dia 31 de dezembro para 2021 teve um significado especial. Sair de um ano repleto de dificuldades impôs muita reflexão e resiliência. Mas para esse novo ano, é necessário renovar as esperanças, fazer novos planos e traçar metas em todas as áreas da vida.

Buscando levar inspiração e esperança para todos que estão planejando 2021, Padre Reginaldo Manzotti lança, pela editora Petra, o livro ‘Pílulas do saber’. No livro, o sacerdote reúne uma série de mensagens que vão guiar os fiéis à felicidade prometida por Deus, mas sem ignorar as complexidades e os percalços da realidade da pandemia. “Cada novo ano é uma dádiva que Deus nos concede. É como uma página em branco, onde podemos reescrever nossa história, acertando o que estava errado, melhorando o que já estava bom. Por isso, quero iniciar o ano propondo que você reflita e renove a sua vida com o livro “Pílulas do saber”. A cada dia, ao acordar, abra uma página e comece o dia com uma reflexão e encha seu coração do Espírito Santo. Eu acredito que sempre é tempo de recomeçar”, explica o sacerdote.

Associação Evangelizar É Preciso

Com conselhos breves, o livro chega às lojas em uma edição compacta. Padre Manzotti conta que a ideia é oferecer um livro que as pessoas possam carregar para onde elas quiserem. “É um livro para você ter na sua bolsa, na mochila, na gaveta do trabalho ou na mesa de cabeceira para todos os momentos que você precisar de uma fonte de conforto, motivação e paz”, compartilha o sacerdote.

Este é o 21º livro publicado pelo Padre Reginaldo Manzotti. Autor best-seller, já vendeu 5,9 milhões de exemplares de seus livros, com destaque para As muralhas vão cairO poder ocultoCombate espiritual e Batalha espiritual.

Sobre o Padre Reginaldo Manzotti

Sacerdote, escritor, músico, compositor, cantor e apresentador de rádio e TV, o padre Reginaldo Manzotti ao completar 25 anos de sacerdócio, decidiu se reinventar e inovar mais uma vez em prol da evangelização.

Antenado com as mídias digitais, o sacerdote tem quase 7 milhões de seguidores no Facebook, mais de 3 milhões de seguidores no Instagram, mais de 2 milhões de pessoas inscritas em seu canal do Youtube, 650 mil seguidores no Twitter e mais de 100 mil em seu canal Vevo. Seu portal, www.padrereginaldomanzotti.org.br, que recebe mais de 1 milhão de acessos mês.

Sacerdote que evangeliza pelos meios de comunicação, o padre apresenta programas de rádio e televisão que são retransmitidos e exibidos em mais de 1680 emissoras do país, além de outros países como: Inglaterra, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Angola, Paraguai, Bolívia e Uruguai.

www.padrereginaldomanzotti.org.br

Facebook: facebook.com/padrereginaldomanzotti

Twitter: twitter.com/padremanzotti

Instagram: @padremanzotti

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

News

Autores do lançamento Núcleo de Dramaturgia participarão do Clube Literário Virtual SESI-SP

Published

on

Clube Literário SESI-SP terá participação dos autores do livro Núcleo de Dramaturgia em bate-papo online nesta quarta-feira

A live terá transmissão ao vivo pelo canal do YouTube do SESI-SP. Obra publicada pela SESI-SP Editora está disponível para download gratuito

São Paulo, julho de 2021 – Nesta quarta-feira, dia 28 de julho, a partir das 19h30, os autores do livro Núcleo de Dramaturgia SESI-SP 11ª Turma, lançamento da SESI-SP Editora, participarão do Clube Literário Virtual SESI-SP. O encontro, gratuito, será transmitido ao vivo pelo no canal do YouTube SESI-SP (https://www.youtube.com/watch?v=N3lhlOgMwC8)  e o público poderá interagir e participar do bate-papo com os autores por meio do chat.

A obra conta com 12 textos inéditos para teatro feitos pelos autores formados pelo Núcleo em 2019, sob a coordenação da jornalista e dramaturga Marici Salomão e assistência do diretor e ator César Baptista. Cada um dos textos aborda, a sua maneira, temas cada vez mais urgentes no mundo contemporâneo. A obra, no formato ePub, já está disponível para download gratuito no portal de Cultura do SESI-SP (sesisp.org.br/cultura/nucleo-de-dramaturgia).

NOVOS TALENTOS

Integram esta obra os autores com os seus respectivos textos: Sofia Fransolin, com A louva-a-DeusCarina Murias, com ArraianosDrica Czech, com cabra-cegaLucas Vitorino, com CADENTEDaniel Veiga, com CAMILOGuto Portugal, com  DesnaturadosLucas Moura, com GANGA ZUMBAArthur Murtinho, com NecrovisageFernanda Rocha, com ProdutosCarla Zanini, com RAIVA – Nós temos um cão que mordeBruna Menezes, com Rastros de uma desmemória; e, encerrando a obra, Camilla Rollemberg, com Stories.

Os temas apresentados pelos autores revelam a necessidade de abordagem de assuntos sobre pertencimento e pluralidade de ideias, de sentimentos, de experiências, de acolhimento e vivências que compõem o dia a dia.

Voltado para a descoberta de novos talentos nacionais, o Núcleo de Dramaturgia SESI-SP atua na formação artística e na promoção de eventos culturais voltados para os mais diversos públicos, como pesquisadores, estudantes, artistas, formadores de opinião, educadores e interesse geral há mais de 10 anos.

 

DIFUSÃO LITERÁRIA

O projeto Clube Literário tem como intuito fomentar o hábito da leitura oferecendo ao público do SESI-SP e do Centro Cultural Fiesp – um dos grandes centros culturais da Avenida Paulista, em São Paulo -, a oportunidade de acesso a mais uma modalidade de atividade literária, cuja organização e acompanhamento se dá pela equipe de Difusão Literária do SESI-SP.

A SESI-SP Editora, por sua vez, tem como ação principal organizar conhecimento nas áreas de cultura, educação, esporte, nutrição e saúde, cumprindo sua missão de apoiar a Entidade em seus mais diversos campos de atuação. Com mais de mil títulos em seu catálogo, em diferentes formatos (e-booksaudiobooks e impressos), tornou-se referência na edição de livros educacionais, infantojuvenis, de alimentação, de HQs nacionais e europeias, e de obras de interesse geral.

 

SERVIÇO

Clube Literário SESI-SP – Núcleo de Dramaturgia Sesi 11ª Turma

BATE-PAPO VIRTUAL:

Data: 28 de julho de 2021

Horário: 19h30

Transmissão: Ao vivo e aberta ao público pelo YouTube SESI-SP

Link para acesso: https://www.youtube.com/watch?v=N3lhlOgMwC8

Online e gratuito.

 

FICHA TÉCNICA:

Livro: Núcleo de Dramaturgia SESI 11ª Turma

Vários autores

SESI-SP Editora

ISBN: 978-65-5938-000-8

Páginas: 608

Lançamento: 2021

 

DONWLOAD GRATUITO:

Portal SESI-SP Cultura (sesisp.org.br/cultura/nucleo-de-dramaturgia) ou por meio do link: sesisp.org.br/EpubDramaturgia11.

Formato: ePub

 

SOBRE OS AUTORES:

Arthur Murtinho é dramaturgo e músico, graduando em produção multimídia pela Faculdade Belas Artes. Integrou o Núcleo de Dramaturgia da Escola Livre de Teatro, entre 2018 e 2019, sob a orientação de Dione Carlos e, em 2019, ingressou no Núcleo de Dramaturgia SESI/British Council, orientado por Marici Salomão. É autor dos textos Ecolalia e Perjúrio – apresentados na Mostra de Dramaturgia ELT do SESC Ipiranga em 2018 e 2019, respectivamente – e Necrovisage – encenado por Aysha Nascimento no Portas Abertas do SESI/British Council, em 2019; e com publicação prevista para junho de 2021. Como músico assina a direção musical da performance duracional ophelia is a-live, de Rúbia Vaz, apresentada nos meses de agosto e setembro de 2020 e na programação Terça Aberta da Cia. Fragmento de Dança.

Bruna Menezes estudou letras na Universidade de São Paulo e dramaturgia na SP Escola de Teatro. Atuou como assistente de dramaturgismo nas peças: O filho e Enquanto ela dormia do Teatro da Vertigem. Como dramaturgista atuou nas peças: Estudo sobre o masculino: primeiro movimento e no projeto Chroma Key realizado no Sesc Paulista, e atuou como dramaturga no Projeto Espetáculo na Fábrica de Cultura da Vila Nova Cachoeirinha. Autora das peças: PesoInundação e Rastros de uma desmemória.

Camilla Rollemberg é formada em direito pela USP, assistente jurídico no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, atriz e dramaturga. Autora das peças StoriesO complexo de Lia e Sem Rede, mantém o blog www.diarioliterariodeviagem.blogspot.com.br, com leituras dramáticas dos episódios em seu canal pessoal de Instagram @camillarollemberg.

Carina Murias é graduada em artes cênicas e atualmente pós-graduanda em roteiro para audiovisual pela FAAP. Se formou em dramaturgia pela SP Escola de Teatro, cursou o Núcleo de Dramaturgia pela Escola Livre de Teatro e a 11ª turma do Núcleo de Dramaturgia do SESI. Desde 2016, é integrante do Núcleo de Experimentos em Dramaturgia (NED), atuante na Região do ABC, que desenvolve pesquisas convergentes entre dramaturgias contemporâneas e feminismo. Atualmente, é uma das organizadoras do Festival Mulheres da Cena – Dramaturgias Embrionárias, e desenvolve o projeto de criação e publicação dramatúrgica aprovado pelo ProAC, A primavera está chegando, que trata sobre violência política contra mulheres.

Carla Zanini nasceu em Franca (SP), é a triz e dramaturga formada pela Escola de Arte Dramática (EAD/USP) e bacharel em artes cênicas pelo Departamento de Artes Cênicas da Universidade de São Paulo (CAC/ECA/USP). Também concluiu o curso roteiro para série de TV pela Academia Internacional de Cinema (AIC) e cursou a 11ª turma do Núcleo de Dramaturgia do SESI.

Daniel Veiga é dramaturgo, ator e roteirista. Entre 2019 e 2020, foi docente no curso de Dramaturgia da SP Escola de Teatro, onde se formou em 2016. Também passou pelos Núcleos de Dramaturgia da ELT em Santo André e do SESI em São Paulo. Migrando para o audiovisual, em 2020 escreveu o roteiro para a Ocupação Lima Duarte pelo Itaú Cultural. Está desenvolvendo sua série Tormenta e seu longa Terra de sangue recebeu o Prêmio Novos Roteiros das Organização Ibero-Americanas. Como ator, ganhou o Kikito (Festival de Cinema de Gramado) e o Araibu (Festival de Cinema do Vale do Jaguaribe) pelo curta Você tem olhos tristes de Diogo Leite. No teatro, dirigiu entre 2009 e 2016 e seu texto Da mais bela que tive ganhou menção honrosa no Prêmio Cidade de Belo Horizonte em 2013.

Drica Czech é atriz, diretora, roteirista, dramaturga e jornalista, com formação pela Faculdade Cásper Líbero, Indac, SP Escola de Teatro, Escola Livre de Teatro e SESI. Dirigiu, roteirizou e atuou em curtas-metragens como Casa (2020), selecionado para os festivais Vertical Movie (Roma), VertiFilm (Praga), Cabíria Festival (São Paulo), Mostra Cinemulti (Itacaré), onde levou o prêmio do público, e Unified Filmmakers Festival (Munique), no qual concorre ao prêmio de melhor filme LGBT+; Fora de Época (2020), selecionado para Mix Brasil, 24ª Mostra de Cinema de Tiradentes, Recifest, 6º DIGO Festival e 31º Inside Out Toronto; e 62 segundos (2020), microfilme vencedor do DepicT Brasil, promovido pelo Cultura Inglesa Festival. No teatro, atuou em peças como Fissura (2019), direção de Maria Amélia Farah, da Cia. Hiato, e O espectador condenado à morte (2017), texto de Matéi Visniec com direção de Thiago Ledier para a Companhia Teatro da Dispersão, da qual é co-fundadora. Em 2020 e 2021, realizou solos autorais nos espetáculos online Polaroides secretas, direção de Renato Andrade, e Fracasso festival, direção de Ronaldo Serruya e Fabiano Dadado de Freitas.

Fernanda Rocha é dramaturga, roteirista e pesquisadora. Formada em cinema, atualmente está no doutorado na ECA (USP). Premiada no IX Concurso Jovens Dramaturgos do SESC, com o texto Amor ou um monstro e uma das selecionadas para ao Festival de Peças de um minuto dos Parlapatões com o texto Bem triste, amoreco. Teve peças curtas montadas dentro do projeto Terça em cena no bar teatro Cemitério de automóveis e dentro do experimento Arcos dramatúrgicos no Teatro dos Arcos. Colaborou com a dramaturgia coletiva e experimental do projeto Rádio Convescote da Cia. A digna.

Guto Portugal é roteirista e dramaturgo. Criador da série Cienfuegos (WarnerMedia). Fez parte da 11º turma do Núcleo de Dramaturgia do SESI e realizou o Intensive Directing na Yale University, em New Haven. Foi assistente de direção de Joe Cacaci na montagem da peça Some Old Black Man, em Nova Iorque. Em São Paulo, teve três textos teatrais encenados: Há de ter fimCinza névoa e Pássaro molotov. Também escreveu o roteiro do curta E se fossem crianças?, dirigido por André Gustavo, da O2 filmes.

Lucas Vitorino é formado em licenciatura arte-teatro pela Universidade Estadual Paulista -Unesp. Diretor, dramaturgo, ator e arte-educador. Integrante-fundador do Grupo Pandora de Teatro. Formado pelo curso de direção teatral da SP Escola de Teatro e pelo curso técnico ator Senac. Participou da 11ª turma do Núcleo de Dramaturgia do SESI. Atualmente, é aluno do curso de mestrado no programa de pós-graduação em artes da Unesp, na linha de pesquisa – estética e poéticas cênicas.

Sofia Fransolin nasceu em Campinas (SP), de onde nunca saiu. Atriz de formação começou a escrever poemas na infância e, na graduação, passou a se aventurar também pelo universo da dramaturgia, área na qual trabalha atualmente.  Adentrou o núcleo de dramaturgia SESI-SP em 2019 onde desenvolveu a peça A louva-a-Deus. Atualmente, é mestranda na Universidade Estadual de Campinas, onde estuda a relação entre a dramaturgia contemporânea e violência de gênero.

Continue Reading

News

Rallie: cantor e compositor baiano lança primeiro álbum do Brasil com tecnologia 32D

Published

on

Com as participações de Targino Gondim e Gilberto Gil, o disco conduz o ouvinte à experiência de uma apresentação ao vivo, como se estivesse em frente ao palco

Acontece no dia 21 de julho de 2021, nas diversas plataformas digitais, o lançamento do álbum Imersão 32D do cantor baiano Rallie, que conta com participações especiais de artistas como Gilberto Gil, Targino Gondim e João Lacerda.

O disco é a grande aposta do artista que se reencontrou com sua essência musical durante o isolamento na pandemia e viu a oportunidade do pioneirismo no uso da tecnologia 32D, que oferece uma experiência sensorial inovadora para quem escuta as canções com o uso de fones nos dois ouvidos.

Com os recursos 32D é possível “recriar” um ambiente com efeito espacial. Para Rallie, a experiência é de um “processo hipnótico”, principalmente porque a pessoa se sente transportada para “uma atmosfera de show ao vivo, em frente ao palco”, graças à sensação de que a vibração do som acontece em várias direções.

Encantado com o novo momento da carreira, Rallie se diz radiante por poder unir duas grandes paixões, as culturas brasileira e angolana, proporcionando uma nova experiência aos que admiram e acompanham seu trabalho: “Viva a tecnologia e a alma que não está presa ao tempo e ao espaço, que tem sede de flutuar”.

“Já que ainda não é possível aglomerar, para evitar a proliferação do coronavírus, vamos mantendo o contato com o público com novos lançamentos, inclusive buscando o que há de mais moderno tecnologicamente, para estreitar ainda mais os laços e fortalecer a certeza de que não estaremos sozinhos até que tudo volte ao normal”, afirmou o artista.

Imersão 32D é um lançamento da distribuidora ONErpm. Chega ao grande público com 13 músicas, mesclando inéditas, releituras do cancioneiro angolano e composições de sua autoria e de grandes autores da MPB como Tim Maia, Capinan, Pierre Onassis, Edu Casanova, Jorge Benjor, Carlos Imperial, Cassiano, Waldick Soriano e Benito de Paula, entre outros.

Clique aqui https://onerpm.link/imersao32d para acompanhar o lançamento, com exclusividade!

Continue Reading

News

Alexandre Borges, Dedé Santana e Fioravante Almeida distribuem mais de 5 toneladas de alimentos

Published

on

Sodiê Doces fez a doação das cestas básicas que serão entregues nesta quarta-feira

        Nesta quarta-feira, dia 14, os atores Alexandre Borges, Dedé Santana e Fioravante Almeida, estarão à frente da distribuição de mais de 5 toneladas de alimentos para os profissionais das artes (artistas, técnicos, camareiras etc.), que mesmo com toda a reinvenção das apresentações, enfrentam sérias dificuldades.

A doação das cestas básicas é da Sodiê Doces. Os alimentos serão destinados para o Centro da Memória do Circo, Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos e Diversões do Estado de São Paulo, Teatro Oficina, entre outros grupos.

Alexandre Borges é o diretor do espetáculo “Palhaços”, estrelado por Dedé Santana e Fioravante Almeida: “Esperamos que essa ação seja inspiradora para outros artistas e empresários! Vamos juntos!”, comenta Fioravante.

Os atores têm se dedicado a diversas ações beneficentes junto à população da capital. “Quero agradecer a Sodiê Doces pela parceria e pela disponibilidade e força em participar e doar para campanhas tão importantes neste momento tão delicado que o país enfrenta! Sabemos que o momento é de unir forças e olhar para quem mais precisa, agradeço também a cada um que individualmente fez a sua doação”, finaliza Alexandre Borges.

Continue Reading

Destaque