Conecte-se conosco

Últimas notícias

FEMAMA ilumina Arena do Grêmio e Estádio Beira-Rio no Dia Mundial do Câncer

Publicado

em

Como parte da campanha “Eu sou e Eu vou”, entidade responde perguntas de pacientes sobre a vacinação contra o coronavírus, faz live com especialistas e ilumina pontos pelo Brasil

O Dia Mundial do Câncer é celebrado no dia 4 de fevereiro, quando o mundo todo se une realizando diversas ações com o objetivo de reduzir o impacto global da doença. Aqui no Brasil, a FEMAMA, sua rede de 70 ONGs associadas, Instituto Oncoguia, Melanoma Brasil e Projeto Camaleão dão às mãos e conduzem o último ano da campanha trianual “Eu sou e eu vou” promovida pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC).

Como parte da campanha de conscientização, a entidade criou o hotsite diamundialdocancer.femama.org.br/2021 com conteúdos a respeito de fatores de risco, tipos de câncer mais incidentes e formas de engajamento. Outra ação da campanha é a live “Vacinação COVID-19: como ficam os pacientes com câncer?”, que será realizada no dia 04 de fevereiro, às 17h, em seu canal da FEMAMA, baseadas nas dúvidas de pacientes que a entidade respondeu também em seu site.

“Reunimos nosso time de especialistas do Comitê Científico-Técnico da FEMAMA para auxiliar a comunidade do câncer a entender como agir em relação à vacina contra a Covid-19. Os pacientes não precisam ter medo”, destaca Dra. Maira Caleffi, mastologista e presidente voluntária da FEMAMA.

Para disseminar a mensagem de que o diagnóstico precoce ainda é a melhor ferramenta contra o câncer – a segunda principal causa de morte em todo o mundo – a FEMAMA também ilumina diversos pontos pelo Brasil com as cores azul e laranja, que marcam a campanha do Dia Mundial do Câncer. Muitos são ligados ao esporte, já que atividade física é uma das ações que diminuem os fatores de risco da doença.

Em Porto Alegre, onde fica a FEMAMA, o azul e o laranja vão iluminar a Arena do Grêmio, Estádio Beira-Rio e a Ponte do Guaíba. Em Canela, também no Rio Grande do Sul, quem recebe iluminação é a turística Catedral de Pedra. A Ponte Estaiada, em Teresina (PI), fecha a lista.

Dia Nacional da Mamografia: diagnóstico precoce para câncer de mama

Outra data importante para o câncer em fevereiro é dia 5, em que o Brasil celebra o Dia Nacional da Mamografia, destacando a importância de se fazer o exame de detecção precoce do câncer de mama. A doença, quando detectada no início, tem chances de cura de até 95%.

“Uma em cada 12 mulheres terá câncer de mama no Brasil, sendo 66 mil novos casos previstos para o ano de 2021. Precisamos incentivar o diagnóstico precoce para salvar milhares de mães, esposas, filhas e amigas. Cuidar de si mesmo e de quem você ama precisa ser um ato diário, o câncer não tem hora e nem dia marcado para acontecer”, destaca Caleffi.

A fim de contribuir para que o autocuidado seja uma prática diária, a FEMAMA resgata a campanha “3 perguntas que salvam”, que incentiva homens, mulheres e jovens o tomarem uma atitude prática perguntando para as mulheres que amam:

  1. Você tem observado suas mamas?
  2. Você já marcou seus exames anuais?
  3. Você conhece seus fatores de risco?

DIA MUNDIAL DO CÂNCER (4/2) – FEMAMA
Sitehttps://diamundialdocancer.femama.org.br/2021
Live: “Vacinação COVID-19 para pacientes com câncer” – 04/02/21, das 17h às 18h, no YouTube
ONGs apoiadoras: Instituto Oncoguia, Melanoma Brasil e Projeto Camaleão
ONGs Rede FEMAMA: AAMA, AAMA Cabo Frio, AAMN, AAMT, AAPCMR, AAPECAN, AAVCEG, ABAC-Luz, ABAMI do Litoral, ABRACE Búzios, ABRAPAC, ACCBC, ACCGD, ADAMA, AFECC, ALARA, ALICC, ALV, AMAJES, AMAR, Américas Amigas, AMI, AMO, AMOVI, AMP, AMUCC, ANLUCC, APCVIDA, APECAN Casa Rosa, APPO, ASFECER, ASPEC, Associação Cascavel Rosa, Associação de Apoio às Vítimas de Câncer no Estado de Goiás, Associação Presente de Apoio a Pacientes Com Câncer – Padre Tiãozinho, CIAM, Elas Por Elas Vozes e Ações das Mulheres, FMCS, Fundação Laço Rosa, GAMA, GAPCCI, GRUMARE, Grupo Despertar, Grupo GAMA, Grupo Rosa e Amor, HUMSOL, IAC, ICC, IDVH, IMAMA, Instituto Avon, Instituto Mulher do Estado do Tocantins, Instituto Protea, Mão Amiga, NASPEC, Nossa Casa, Recomeçar, RFCC AL, RFCC AM, RFCC Blumenau, RFCC Brasília, RFCC Brusque, RFCC Criciúma, RFCC Gaspar, RFCC Içara, RFCC Itajaí, RFCC Jaraguá do Sul, RFCC Maravilha, RFCC PP, RFCC São Bento do Sul, RFCC União da Vitória, RFCC Xaxim, RFECC, Rosa Viva, Toque de Vida, UNACCAM e VIAMAMA

Continuar Lendo
1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Dia Mundial do Câncer | 2021 – FEMAMA

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias

Carnaval tá on no Hello Park com programação que promete muita folia, confete e diversão

Publicado

em

Nada melhor que aproveitar o carnaval com muita diversão para toda família. E, no Hello Park, o primeiro parque multimídia interativo do Brasil, localizado no shopping SP Market, a folia está garantida para crianças e adultos. Entre os dias 18 a 21 de fevereiro acontecerá o Hello Folia, uma matinê com direito a banda carnavalesca para embalar a festa com os ritmos das tradicionais marchinhas brasileiras.

Durante os quatro dias, todas as sessões contarão com apresentação especial da banda carnavalesca, que terá seu o ponto de partida na entrada do parque, onde os visitantes, que adquiriram seus ingressos, poderão acompanhar todo o trajeto com a banda pelo Hello Park e curtir a festa na atração Interactive Disco, com confetes e marchinhas.

Além da programação de carnaval, o público poderá aproveitar todas as atrações do parque durante a sessão.

Leve toda a família para cair na folia e se divertir no maior parque multimídia de São Paulo.

Atrações – O Hello Park São Paulo conta com mais de 20 atrações interativas, como o Interactive Slope, onde as crianças podem escorregar e interagir de diferentes maneiras e ainda se divertiram em uma super piscina de bolinhas; no Digital Painter, composto por um livro de colorir gigante e um lápis mágico, as imagens ganham vida assim que as crianças começam a pintá-las, já no Living Figures, as crianças podem ver os seus desenhos ganharem vida em um painel touch interativo. Além disso, o Parque possui três espaços exclusivos para a realização de festas de aniversários totalmente inovadoras.

Sessões – Cada sessão tem duração de 2 horas, com início sempre às 11h15, 13h30, 15h45 e às 18h. Para conferir a disponibilidade das sessões e comprar os ingressos acesse: https://hello-park.com.br/saopaulo/main.

 

Programação especial de carnaval do Hello Park

Serviço

Valores por sessão: 

Hello Ingresso 30 minutos*

Adulto R$ 39,00

Criança R$ 49,00

*Vendas apenas na bilheteria do Hello Park

*Caso ultrapasse o tempo será cobrado R$ 1,00 por minuto adicional

 

Hello Ingresso 60 minutos*

Adulto R$ 59,00

Criança R$ 69,00

* Vendas apenas na bilheteria do Hello Park

* Caso ultrapasse o tempo será cobrado R$ 1,00 por minuto adicional

 

Hello Ingresso 2h (integral) 

Adulto R$ 79,00

Criança R$ 89,00

Vendas no e-commerce e bilheteria do Hello Park

 

Localização: 

Shopping SP Market: Av. das Nações Unidas, 22540 – Jurubatuba, São Paulo

Continuar Lendo

Últimas notícias

Gilson Rodrigues será homenageado em exposição fotográfica com personagens que são “A Cara de São Paulo”

Publicado

em

O presidente do G10 Favelas, Gilson Rodrigues, será um dos homenageados na exposição fotográfica “A Cara de São Paulo”, sob a curadoria da apresentadora Ana Maria Braga e do Maestro João Carlos Martins.

A Exposição Fotográfica “A Cara de São Paulo – 2023”, dos fotógrafos Catarina Machado e José Barbosa, estará aberta a partir das 16h30, do dia 25 de janeiro de 2023 – quando a cidade de São Paulo comemora 469 anos – e vai até 15 de fevereiro, no Shopping Cidade São Paulo.

São homeageadas vinte e sete personalidades nascidas ou não na cidade, mas que se reconhecem como paulistanas e são conhecidas pela população de São Paulo. Gilson, está acompanhado de nomes como: os jornalistas Ernesto Paglia, Rodrigo Bocardi, Glória Vanique, Heródoto Barbeiro e os apresentadores Regina Volpato e Ronnie Von. A lista foi feita a partir de indicações do público, através das redes sociais. Nesta  terceira edição, a exposição revela quatro sobreviventes do holocausto, que escolheram a cidade de São Paulo como refúgio e aqui reconstruíram suas vidas.

Além da comemoração do aniversário da cidade, a exposição também celebrará o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, comemorado mundialmente no dia 27 de janeiro.

 

Serviço:

Cerimônia de Abertura Exposição “A Cara de São Paulo – edição 2023”

Data25 de janeiro  – (somente para convidados)

Horário: 16h30

De 26 de janeiro a 15 de fevereiro – aberta ao público – entrada gratuita

Horários: Segunda a Sábado – das 10h às 22h  // Domingo – das 10h às 16h

Local: Shopping Cidade São Paulo

Endereço: Avenida Paulista, 1230 – 2º piso – loja 1119

 

Continuar Lendo

Últimas notícias

Três tendências de novos produtos dos bancos para engajar clientes e gerar receita com PIX

Publicado

em

Pagamentos offline, menos etapas para transações e serviços para PMEs deverão ser as novidades que ampliarão ainda mais o uso do sistema instantâneo

 

São Paulo, Janeiro de 2022 — Em apenas dois anos desde que foi lançado, em 16 de novembro de 2020, o Pix se tornou o meio preferido de pagamentos pelos brasileiros. Até outubro de 2022, 141,4 milhões de pessoas utilizaram o sistema instantâneo e as chaves cadastradas ultrapassaram meio bilhão, segundo levantamento da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) com dados do Banco Central (BC). O sucesso é tanto que opções ligadas ao Pix continuam a surgir e para 2023 a tendência é que os bancos ofereçam ainda mais opções aos seus clientes. Assim, poderão atingir quem ainda prefere outras formas de pagamentos e gerar receita com a solução, segundo a Capco, consultoria global de gestão e tecnologia dedicada ao setor de serviços financeiros do Grupo Wipro.

 

O BC criou o Pix, mas deixa aberto para instituições financeiras, de pagamentos (IPs) e fintechs a possiblidade de criarem serviços sobre ele, diz Alexandre Bueno, gerente sênior da Capco e head do Capco Digital Lab São Paulo. Assim, o executivo lista três tendências principais do setor bancário em relação ao sistema de pagamentos em 2023:

1. O lançamento de serviços e produtos como operações offline e conexão com o Open Finance;

2. Uma melhoria na experiência do usuário (UX), o que inclui reduzir os passos para fazer um pagamento;

3. Novos serviços integrados ao Pix com foco nas pequenas e médias empresas (PMEs).

 

Além disso, todas essas novidades poderão gerar outras, como a integração do Pix com o real digital, a moeda digital do BC, quando for lançado, e com empresas como a Google Pay, que acaba de receber autorização para ser uma IP no Brasil, e com plataformas de tokens não-fungíveis (NFTs), completa o executivo da Capco.

 

Primeira tendência: atrair novas faixas de usuários

 

Bueno lembra que apesar de os números do Pix serem muito positivos, “seu uso está encaixotado na população digital, ou seja, estão de fora alguns grupos de pessoas. Parte delas são as sem acesso à internet por morarem em áreas remotas ou por não terem renda para pagar pelo serviço. Um outro grupo é o das pessoas que embora tenham conta bancária para receberem benefícios, não têm renda para acessarem outros serviços financeiros. Um terceiro é o daquelas que utilizam pouco os serviços digitais”. Por isso a tendência de lançamento de novos produtos e serviços ligados ao Pix pelos bancos tem como foco incluir pessoas quem ainda não usa ou usa pouco a solução.

 

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) Contínua, 10% das residências brasileiras não tinham acesso à internet no final de 2021. Mas, enquanto o percentual é de 7,7% na área urbana, na rural é de 24,3%, portanto, praticamente 1 em cada 4 casas não tem acesso. Na região Norte, 41,4% das residências rurais não têm acesso e no Nordeste, 14,8% da população não têm internet. Por isso, uma das novidades do Pix poderá ser o pagamento offline. Isso poderia acontecer, por exemplo, por meio de um depósito numa carteira digital e com pagamentos por aproximação. O sistema de pagamentos instantâneo da Índia, o UPI (Unified Payments Interface), permite transações offline desde o início do ano.

 

A PNAD também mostrou que 42,5% das pessoas com 60 anos ou mais não usam internet. É a faixa etária que menos utiliza o serviço. Isso tem relação com um dos resultados da pesquisa da Capco “Pix no Brasil: Cenários e Oportunidades”, quem mostrou que apesar de representarem 14,6% da população do país, são 4,1% dos que utilizam o sistema de pagamentos instantâneo. Enquanto isso, na faixa de pessoas de 20 a 39 anos, que são 31,9% da população, a adoção é de 64%. “Por usarem menos a internet no dia a dia, essas pessoas acabam se afastando de serviços digitais por falta de familiaridade. E se afastam ainda mais quando veem, por exemplo, notícias sobre fraudes. O desconhecimento prejudica a inclusão digital delas”, diz Bueno.

 

Ainda nessa tendência de lançamentos integrados com o Pix, estaria a de conectar serviços como o Pix Garantido, um crédito instantâneo, com o Open Finance. “Assim, os bancos podem utilizar as informações financeiras dos clientes para oferecer recursos com condições mais vantajosas”, afirma o head do Capco Digital Lab São Paulo. O BC, lembra ele, tem dito que as inovações que está implantando seguem etapas que estão ligadas e que incluem o Pix, depois o lançamento do Open Finance e na sequência, o real digital, que está em testes e que pode ter seu primeiro projeto piloto em 2023.

 

Segunda tendência: Menos passos para pagar com Pix

 

A segunda tendência para 2023 apontada por Bueno — a de melhorar a experiência do usuário, cortando etapas para realizar pagamentos – é uma necessidade, conforme apontaram os entrevistados da pesquisa da Capco. Isso porque essa é a solução que exige mais passos na comparação com outros meios: são 7 para transações por QR Code e 8 por chave. Com cartão são 4 passos com uso de senha e 3 por aproximação.

 

“Ter passos a mais é irrelevante quando se transfere dinheiro para um fornecedor, mas é uma barreira grande quando se está na fila de uma loja. Por isso, o Pix também não é incentivado pelos comerciantes”, explica o gerente-sênior da Capco. “O resultado disso é que muitas vezes o cliente acaba optando por outra solução, tanto que 28% dos entrevistados na nossa pesquisa disseram nunca ter pago por meio de QR Code, mesmo já tendo usado o Pix. “Os bancos estão cientes disso e estão buscando cortar esses passos”. Na Índia, completa, pagamentos com Pix por aproximação facilitam a usabilidade. Aliás, a união do Pix com carteiras digitais pode ajudar os bancos a rentabilizarem as operações, como já acontece com o Pix Garantido, que é um empréstimo, completou.

 

Bueno chama a atenção, no entanto, para o fato de que os cartões continuarão a existir mesmo com o avanço do Pix. Um dos motivos para isso é que no Brasil são mais usados por pessoas com renda mais alta. “Os cartões têm terreno confortável avançando no mundo touchless (sem contato)”, diz ele. Além disso, oferecem benefícios como programas de milhagem para uso em compras e viagens. Agora, “quem não tem cartão de crédito e quem precisa fazer pagamentos para prestadores de serviços, em especial os informais, continua sendo público do Pix”, segundo ele.

 

Terceira tendência: Aumento do uso por PMEs

 

A terceira tendência está ligada ao interesse dos bancos de em oferecer mais serviços digitais para as PMEs. De acordo com Alexandre Bueno, “estamos num momento em que bancos estão criando ferramentas para esse segmento, que muitas vezes é informal. Por isso, o Pix pode ser conectado a plataformas de soluções com suporte na gestão do negócio, com tutoriais de gerenciamento de caixa e de criação de produtos, por exemplo. Precisamos lembrar que muitos desses empreendedores não são empresários. Muitos abriram seus negócios como meta de vida, mas sem se prepararem adequadamente para isso, e há quem empreendeu por falta de opção depois que perdeu o emprego”.

 

A pesquisa da Capco sobre o Pix mostrou que os entrevistados percebem que o sistema é mais aceito ou incentivado em sites na internet, pequenas lojas de rua, prestadores de serviço formais ou informais e campanhas de doação. Por outro lado, a aceitação é menor em mercados, lojas de rede e em shopping centers.

 

Com base nisso, a Capco identificou quatro pontos críticos, que merecem serem estudados e aprimorados para o uso do Pix como meio de pagamento no varejo. “Um deles é a insegurança de pequenos lojistas de sofrerem algum tipo de golpe ao recebem com Pix. Entre as fraudes está a do agendamento do pagamento ao invés da transferência do dinheiro, sem que o atendente perceba. Depois, o agendamento é cancelado. Um segundo ponto é a integração do Pix aos softwares de gestão de pagamentos. A quarta é a questão da velocidade, em função das etapas que podem fazer o uso do Pix pode levar duas vezes mais tempo do que outros meios. E por fim, a jornada de telas para pagamentos com QR Code”, diz Alexandre Bueno.

 

“O ano de 2023 terá muitas novidades no sistema de pagamentos. O Pix vai continuar concentrando a atenção dos usuários porque seus benefícios são muito visíveis. Mas vamos ter também avanços no Open Banking e nos testes do real digital. Tudo isso somado vai certamente fortalecer o Brasil como um hub de inovação financeira e como um mercado a ser acompanhado por outros países”, acredita o Gerente Sênior da Capo.

 

 

Sobre a Capco

A Capco, empresa o Grupo Wipro, é uma consultoria global de gestão e tecnologia dedicada ao setor de serviços financeiros. Nossos profissionais aliam pensamento inovador e conhecimento incomparável no setor para oferecer aos nossos clientes expertise em consultoria, integração de pacotes e tecnologias complexas, entrega de transformação e gestão de serviços, para o avanço de suas organizações. Com nossa abordagem eficiente e colaborativa, ajudamos nossos clientes a inovar, aumentar receitas, gerir riscos e mudanças regulatórias, reduzir custos e aprimorar métodos de controle. Somos especializados particularmente em serviços bancários, mercados de capitais, gestão de patrimônio e investimentos, finanças, seguros, risco e compliance. Nos EUA, também temos prática em consultoria no setor de energia. Atendemos nossos clientes de escritórios nos principais centros financeiros das Américas, Europa e Ásia-Pacífico. Para saber mais, visite nosso site ou siga-nos no Twitter, Facebook, YouTube, LinkedIn, Instagram e Xing.

Continuar Lendo

Destaque

Copyright © 2021 ocimar.com. Todos os direitos reservados.